Ser low profile é um problema? - Empreendedor Sem Máscara
InícioBlogPostagem

Ser low profile é um problema?

01 de junho de 2021 • 8 min de leitura

Muito empreendedor se caracteriza como “low profile”, ou seja, uma pessoa que não gosta de aparecer. Isso é um problema para você ou para o seu negócio? Vamos analisar aqui pontos importantes para sair do muro quando o assunto é se expor ou não.

Ser low profile pode indicar que você é uma pessoa discreta e que prefere focar no seu trabalho em vez de ficar se divulgando. Para alguns, pode até indicar que você é um profissional muito ocupado e, consequentemente, gabaritado, já que precisa viver mais no mundo offline do que no mundo on.

Para ilustrar o outro lado da moeda, vou relatar uma conversa que tive com um profissional de saúde com quem me consultei. Ao saber que eu atuava na área de redes sociais, ele começou a desabafar sobre o fato de não gostar de Instagram e de se expor.

O curioso é que, ao mesmo tempo, ele começou a falar para mim sobre uma série de profissionais que são referência para ele nesse quesito: pessoas que têm vários seguidores nas redes sociais e que conseguem mostrar o que fazem. Era nítido, portanto, o quanto lhe incomodava não conseguir mostrar o quanto ele também era bom.

Então o certo é “dar as caras” mesmo?

Estar do lado de quem se expõe ou do lado de quem observa (admirando ou não) aqueles que se expõem é uma decisão de cada um. Essa é mais uma daquelas situações em que não há o certo e o errado, mas aquilo que dá certo para você.

Porém, do ponto de vista da marca pessoal, duas reflexões são necessárias:

Imagine que você vai a um profissional de saúde para ser consultado porque alguém te indicou e, na consulta, você gosta muito dele. Ao sair de lá com o orçamento em mãos, você procura o profissional no Instagram e encontra depoimentos, vídeos do profissional falando da sua especialidade e por aí vai. Tudo aquilo serve para te deixar mais confiante de que aquele é o profissional certo.

Agora, imagine que você acesse as redes sociais dele e não encontre nada, apenas uns posts aleatórios e mal produzidos. Você vai acabar com uma pulga atrás da orelha pensando que ele pode ser desleixado enquanto profissional da saúde também.

A questão que percebemos aqui é que há dois lados da moeda: aquilo que o profissional é e aquilo que ele parece ser. Quer a gente queira, quer não, o parecer é tão importante quanto o ser.

Quando vemos que um profissional cuida bem das suas redes sociais, imaginamos que ele é ainda mais competente, até porque tem esse capricho de cuidar da sua imagem por ali. Se ele é, de fato, um profissional mais capacitado que o outro, não dá pra dizer, mas é essa imagem que ele acaba nos vendendo.

Vale lembrar que, além do “ser” e do “parecer”, há também um terceiro aspecto hoje, que é o de “aparecer”. Para você realmente alcançar um público potencial para seu negócio, deve haver frequência e coerência na sua comunicação para que você encontre seu lugar ao sol.

Ser low profile ou não: o que mais faz sentido no seu caso?

Te convido a refletir sobre as implicações de ser low profile na sua vida profissional. Se você perceber que não faz diferença, por conta do tipo de trabalho que você faz, vida que segue. Mas, se essa sua postura anda te deixando com a pulga atrás da orelha, busque ajuda para se fortalecer e dar esse passo.

Aqui neste mesmo site, explico sobre o meu curso de Marca Pessoal nas Redes Sociais. Por meio dele, ajudo empreendedores a mostrarem nessas mídias quem eles realmente são, sem ter que se matar de produzir conteúdo ou se distanciar da sua essência.

Vou deixar o link aqui para que você possa conhecer minha proposta e ver se ela se encaixa com o que você precisa. Se sim, será um prazer estar ao seu lado nessa jornada!

http://multiviascom.rds.land/lp-empreendedor-sem-mascara



Veja também

Junte-se a centenas de Empreendedores Sem Máscara e receba dicas, vídeos e materiais exclusivos.

Já pensou em usar suas redes sociais para gerar negócios e reconhecimento?
copyright © 2021 Empreendedor sem máscara
Um produto:
desenvolvido por Multivias e 8pdev.studio